Pico da Bandeira – MG


Galera!

Hoje eu vou contar para vocês a melhor aventura que já fiz (vocês saberão pq) e que com certeza vocês devem fazer.

Pico da Bandeira – o terceiro ponto mais alto do país com 2.891,98 metros de altitude.

Este nome nunca me chamou atenção antes, até eu ter a oportunidade de subi-lo. Saímos em um grupo grande (+ ou – 15 pessoas). O ponto de encontro foi Campos dos Goytacazes, pois o grupo era diversificado. Saímos as 9h30 de Campos e chegamos ao Alto do Caparaó – MG no horário de almoço. Aproveitamos para tirar várias fotos rs.

Os.: Existe a possibilidade de subir o Pico pelo Espírito Santo, mas nós escolhemos ir por Minas Gerais.

 11219154_878521715537231_3366907358605430129_n  11206062_878521722203897_7672876367063197679_n 11181329_878518918870844_6994214268630402454_n

Depois do almoço fomos direto para o Parque Nacional Alto do Caparaó. Ao chegar ao parque é necessário informar nome, documento, se está em grupo e pagar uma taxa de R$12,00. Fomos até a Tronqueira de carro, que equivale aos primeiros 1970 metros de altitude. Lá tem um deck que tem uma vista linda, tem camping. Para muitos o passeio acaba ali, mas para os mais aventureiros está apenas começando (que é o meu caso rs!).

  11099643_878518925537510_7087856695318728061_n  11182212_878519025537500_6563247182633164924_n

11174940_878519055537497_1859798023362052164_n

Deixamos o carro no estacionamento e começamos a nos preparar. Já estávamos nas nuvens, literalmente. Roupas, água, proteções, comida, tudo que precisaríamos para passar este dia lá no alto. Estávamos levamos o menor peso possível, pois a subida é bem longa e cansativa. Improvisamos umas varas para servir de apoio na subida. E como ajudou.

 11188430_878519095537493_2994977273904791196_n 11151046_878521982203871_4578631099190856081_n  11179946_877977468924989_8870087134008979792_n

Mas o que menos esperávamos aconteceu. Uma chuva pesada de no mínimo 40min ficou sobre nós, ou em nós, pois estávamos muito alto. O máximo que eu conseguia proteger era meu cobertor, só pensava em não passar frio a noite. Pelo menos não do que já estava. A chuva foi tão forte que molhou todas as nossas roupas, vestidas ou não. Quando chegamos no acampamento Terreirão a chuva tinha passado e já era noite (por volta das 18h30). Como lá não tem energia elétrica, foi até um pouco difícil de encontrar todo o grupo. O Terreirão fica na metade do caminho. Como tinha uma criança em nosso grupo (sim, a Vitória de 8 aninhos), os guardas ambientais liberaram um de suas “casas”. O que foi ótimo, pois já haviam várias campistas desabrigados por causa da chuva, seríamos mais alguns. Mas, conseguimos secar algumas coisas pedir roupas emprestadas (eu usei a calça do meu marido) e por aí vai. Comemos e fomos dormir com a roupa úmida e gelada com sensação térmica a 8° por volta das 20h30min.

 11203129_878519638870772_5290519725350420297_n 11206964_878521162203953_2422244670860176870_n 11222416_878521158870620_8314022833001740619_n

As meninas já tinham desistido de continuar subindo e meu tênis estava encharcado. Meu casaco esta com as mangas todas molhadas e minhas meias secas emprestei para outras pessoas. Pensei em desistir. Lógico que não dormimos, estava úmido e desagradável, além de muito frio. Mas quando foi por volta das 00hs chamei Anderson para me levar ao banheiro, que é do lado de fora. Quando abrimos a porta, a lua estava tão enorme e clara, o céu tão limpo que nem precisamos de lanterna. No caminho vimos um grupo se preparando para subir a outra metade e chegar ao Pico. Nós conversamos se podíamos acompanha-los e a resposta foi: “Bora subir todo mundo junto”! Ficou marcado de subir a 1h da manhã. Aí eu animei! Entramos na casa e acordamos os mais animados, com isso todo mundo foi animando (alguns mais traumatizados com a chuva ficaram no Terreirão). Gente, foi a melhor escolha da minha vida haha. Foi muito gostoso, apesar de estar cada vez mais frio e o chão muito molhado. Mas ver aquelas luzes da lanternas em grande quantidade e a galera animada foi uma experiência muito legal!

14010_878521235537279_8067697443403781532_n 10417815_878521228870613_1509046396099537180_n 

Chegamos ao Pico por volta das 5h da manhã. O vento lá no alto queimava meu rosto e estava muito frio (segundo a guarda ambiental 2° com sensação de -3°). Enquanto esperávamos o grande astro – o Sol – sentamos numa pedra, um pertinho do outro, para se aquecer e nos cobrimos com o cobertor. Quando o sol saiu que emoção! Deus é muito lindo! O Sol por cima das nuvens, uma imagem que parecia de cinema. Aproveitamos o máximo possível, pois estávamos congelando lá em cima, não dava para ficar mais tempo. Quando descemos paramos no caminho para comer. Descemos tudo no mesmo dia e voltamos para casa. Mas que experiência! Depois de ver o sol, a chuva passou a ser um momento aventura mais que radical da subida. Apesar do perrengue valeu muito a pena continuar e ver o sol nascer.

11070945_878521292203940_5834632942682775961_n 18190_878521772203892_7067889807188048293_n 10470821_878521405537262_6205241814533887544_n 11127723_878521408870595_8192624568414534850_n11209670_878521308870605_6745635330487333930_n 11217962_877976935591709_2669076917482043352_n

11070925_878521578870578_1110959165266010034_n 11165286_878521492203920_4546129499964265013_n 10458452_878521335537269_6457535586670281089_n

11188251_878521472203922_4300014442990798675_n 22725_878521572203912_5522480140789051809_n 1908206_878521638870572_4731881329984681084_n       11182224_878165748906161_6328821805250787873_n    

Espero que tenham gostado da minha experiência e tenham ficado animados em conhecer também! Beijos.

COMPARTILHE

Dani

sobre Dani

Amo grandes felinos. Sou muito organizada. Amo rir. Tenho muitos amigos. Eu sei dirigir. Sou gestora de RH e atuo em outra profissão. Eu jogo adedonha. Sirvo a um Deus vivo. Sou casada. Estudante de Jornalismo. Amo muito a minha família. Vou a praia muitas vezes, qnts eu puder. Sou muito brincalhona. Aspirante a Youtuber.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *